Mais um mochilão pra conta: 67 dias entre Oriente Médio, Cáucaso e Europa

Entre maio e agosto de 2022, estive fazendo uma das coisas que mais gosto nesse mundão: um mochilão sozinho. Na primeira vez em que viajei com a mochila nas costas por bastante tempo, 5 anos atrás, foquei mais na Europa, que não conhecia ainda (ver resumo do mochilão aqui).

Se na primeira vez viajei somente pela Europa, agora, com um pouco mais de experiência com viagens, resolvi me arriscar um pouquinho mais e ir a locais mais desconhecidos.

A ideia inicial era visitar o leste europeu que me faltou na última vez, incluindo países pouco turísticos como Moldávia, Belarus, Ucrânia, Lituânia, Letônia, Estônia, além do interior da Rússia. Infelizmente, essa ideia inicial não foi possível por motivos bélicos (valeu, Putin e Zelensky 👍), então os planos acabaram mudando.

Tendo de refazer o roteiro, reconsiderei as possibilidades de locais um pouco menos turísticos (ou seja, menos caros) e acabei me decidindo por um roteiro de 67 dias que passava por 6 países: Jordânia, Chipre, Turquia, Geórgia, Armênia e Grécia.

Basicamente, o plano da viagem surgiu meio que por acaso, ao tentar fazer alguns países que tinha vontade de visitar com certa proximidade geográfica, de modo que eu não tivesse que voar muito de avião (já que é péssimo em termos de emissões de carbono).

O plano final foi o seguinte:

  • Voo de Roma até Amã, capital da Jordânia, com a Ryanair por apenas 13 euros
  • 10 dias na Jordânia, viajando por todo o país e visitando Petra, uma das 7 maravilhas do mundo moderno
  • Voo de Amã até Pafos, no Chipre, de novo com a Ryanair e por apenas 11 euros
  • 6 dias no Chipre, sendo 3 dias no Chipre e 3 dias no Chipre do Norte
  • Barco de Famagusta, no Chipre do Norte, até Mersin, na Turquia
  • 15 dias na Turquia viajando por terra (ônibus e trens), até chegar na Geórgia
  • 1 semana na Geórgia explorando o país
  • 1 semana na Armênia explorando locais próximos à capital Yerevan
  • Mais 1 semaninha na Geórgia visitando outros locais do país
  • Mais 2 semanas na Turquia, atravessando a fronteira com a Geórgia e indo até a parte oeste do país (Istambul)
  • Ônibus até Thessaloniki, na Grécia
  • 5 dias na Grécia
  • E finalmente o último voo da viagem, com destino à Roma, onde eu morava

Aqui, um mapa, para se ter uma ideia do rolê:

Como se vê no mapa, rodei mais que azeitona em boca de banguela. No total, foram mais de 14.000 km rodados, sendo metade disso em ônibus ou vans. Só para se ter uma ideia, a distância total que fiz seria o mesmo que uma viagem em linha reta entre São Paulo e Nova Delhi, na Índia.

No final das contas, foi uma viagem espetacular, na qual conheci muita gente, passei vergonha em várias línguas, joguei bola em lugares aleatórios, comi quitutes maravilhosos e tive a chance de explorar lugares pouco conhecidos.

Como a viagem toda foi muito densa no que diz respeito a informações e diferentes lugares visitados, tentarei dividir aqui por partes, que vão sendo postadas nesse blog regularmente (ou quando eu tiver vontade):

  1. Jordânia além de Petra: roteiro de 10 dias
  2. Explorando todo o Chipre, do sul ao norte
  3. Adana e suas comidas peculiares
  4. Conhecendo Nemrut Dagi, um dos lugares mais sensacionais e surpreendentes da Turquia
  5. O clichê turco: Capadócia
  6. Voltando a Erzurum depois de 6 anos
  7. 2 semanas na Geórgia: explorando o pequeno país caucasiano
  8. 6 dias na Armênia, entre suas cidades mais importantes
  9. Trabzon e o incrível Monastério de Sumela
  10. Ancara, a capital turca
  11. Pamukkale e Efesus: superestimados ou incríveis?
  12. Izmir, a caidade mais legal da Turquia
  13. Bursa e suas surpresas
  14. 4 dias em Istambul: o que fazer na maior cidade da Turquia
  15. Thessaloniki e região: do mar ao Monte Olimpo

Minha meta é conseguir escrever e publicar ao menos um post por semana – não é fácil por conta do trabalho, mas tomara que dê certo.

No caso de dúvidas ou sugestões, pode deixar um comentário aqui embaixo, que responderei assim que possível.

Aproveite também para seguir o perfil deste blog no Instagram: @mochila.raiz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s