O que fazer em Matara, Sri Lanka?

Seguindo com os posts do Sri Lanka, agora chegou a hora de Matara (lê-se Maaá-ta-ra).

Não muito conhecida pelos visitantes, Matara é só mais uma (relativamente) grande cidade no Sri Lanka: caótica, movimentada e com poucas atrações turísticas – o que faz dela o lugar ideal para se conhecer um pouco mais do Sri Lanka raiz.

Localizada no sul do país, Matara era historicamente parte do Reino de Ruhuna, um dos três reinos que existiam no Sri Lanka. Assim como outras cidades da região, foi depois colonizada por portugueses, holandeses e ingleses, que deixaram algumas heranças da época de seu domínio na cidade.

Apesar de não possuir tantos pontos turísticos dentro da cidade, Matara conta com algumas atrações que podem ser interessantes de se ver, além de alguns restaurantes com comidas típicas do país. Como morei por 5 meses lá, tive a oportunidade de explorar a região um pouquinho e conhecer alguns dos lugares mais importantes:

Star Fort

Ponto forte da cidade, esse forte em forma de estrela ostenta o título de menor forte do Sri Lanka. Foi construído pelos holandeses em 1765 para proteção, e hoje abriga um pequeno e simpático museu que conta a história do desenvolvimento de Matara e região.

matara-star-fort

Matara Fort

Além do Star Fort, Matara também conta com outro forte (Matara Fort), que hoje é um bairro que abriga diversos casarões coloniais abandonados. Alguns desses casarões foram reformados e hoje abrigam divisões de administração da cidade. Há, também, alguns restaurantes nessa região, que é bastante interessante para ser explorada numa caminhada.

matara-fort
matara-fort

Rio Nilwala

O rio Nilwala, que corta o centro da cidade, chama a atenção pela sua paisagem bastante tropical. Algumas agências locais oferecem passeios de barco pelo rio para observar os crocodilos que vivem em suas margens.

matara-sri-lanka

Templo de Weherahena

Construído no século passado, esse templo budista não tem uma importância histórica muito grande, mas é um bom pedido de passeio para um dia em Matara. Conta com uma estátua de Buda gigante, com 39 metros de altura (maior do que o Cristo Redentor), além de várias pinturas interessantes em seu interior.

matara-sri-lanka

Templo de Parevi Dupatha

Localizada numa ilha que fica bem em frente à rodoviária de Matara, esse outro templo budista não tem nada de muito especial em seu interior. Mesmo assim, vale a pena visitar o lugar por conta da paisagem ao redor da pequena ilha, que é sensacional.

matara-sri-lanka

Polhena Beach

A praia mais bonita da região oferece aos visitantes um lugar ideal para fazer snorkelling, sendo um lugar onde se pode facilmente encontrar tartarugas marinhas. Além disso, na praia se pode observar o modo típico de pesca do sul do Sri Lanka, no qual homens ficam pendurados numa madeira.

polhena-matara-sri-lanka

Sk Town Beach

Menos bonita do que Polhena, mas bem maior, essa praia conta com alguns hotéis e pousadas. Atrai muitos surfistas pelas suas ondas, e é um lugar relativamente pouco desenvolvido para o turismo se comparado às praias mais famosas de Mirissa ou Hikaduwa.

matara-sri-lanka

Dondra

Cidade com o ponto mais ao sul do Sri Lanka, Dondra fica a 6 km de Matara e pode ser uma opção interessante de passeio em um dia. Ali fica o Farol de Dondra, um dos mais antigos do país, tendo sido construído em 1887. Além disso, também possui o complexo do templo Tenavaram, um dos antigos locais de peregrinação da ilha que foi praticamente destruído pelos portugueses no século 16. Apesar de bastante impressionante pelo tamanho e detalhes do templo, infelizmente, o local conta com um elefante acorrentado que mora ali.

dondra-sri-lanka
dondra-sri-lanka

Dicas de restaurantes

Assim como em outras cidades do Sri Lanka, come-se bem em Matara, apesar de não contar com tantas opções mais ocidentais para aqueles que querem algo menos típico do país. Para aqueles que querem experimentar comida cingalesa, porém, Matara oferece vários bons lugares para comer.

O Restaurante Hela Rawulage Katagasma, que fica entre o centro e Sk Town é bastante simpático e serve o melhor biriyani (arroz com especiarias) da cidade na minha opinião. Apesar de ter um gosto duvidoso esteticamente, o local compensa com a comida.

Outra boa pedida para Matara é o Hela Bojun Hala, uma iniciativa do governo de fomentar a manutenção de pratos típicos do Sri Lanka a um preço bastante acessível. Lá, destaco o bolinho de jaca, o string hopper (tipo de uma panqueca com farinha de arroz) e o dosa (outro tipo de panqueca) que são maravilhosos. Uma refeição completa lá não deve custar mais do que uns 8 reais.

matara-sri-lanka

O hotel The Grand Navro também tem um restaurante interessante. Um pouco mais caro para os padrões do Sri Lanka (mas ainda assim super barato para os padrões europeus e brasileiros), os maiores destaques são o arroz chop suey e o watalappam (sobremesa típica do Sri Lanka).

Para se comer um bom arroz com curry, sugiro 2 restaurantes que gostei muito: Kadhira Cafe, que fica bem próximo à rodoviária, e o Brothers’ Taste. Esses dois lugares, com preços super acessíveis, contam com uma variedade enorme de curry, incluindo curry de peixe, de manga, jaca, etc. Vale a pena provar!

matara-sri-lanka

Para experimentar comida do sul da Índia, minha sugestão é o Grand Rockland Hotel, que oferece uma grande variedade de dhosas e pães típicos indianos (incluindo os famosos naam), sempre servidos com deliciosos curries.

Finalmente, quando bater a vontade de comer pizza em Matara, o melhor lugar para ligar e pedir uma pizza é o Papa Jeevz. Com uma variedade relativamente grande de sabores, essa pizzaria oferece aos clientes uma pizza sensacional de camarão com alho. Apesar de alguns sabores mais exóticos, a massa é surpreendentemente muito boa.

Visão geral

O mais legal de visitar Matara é o simples fato de conhecer uma cidade normal do Sri Lanka. Uma caminhada pelas ruas barulhentas de Matara dá uma boa ideia de como as pessoas vivem. Além disso, os templos budistas, as mesquitas e as igrejas católicas mostram a mistura de religiões do Sri Lanka moderno.

Por isso, visitando o país, vale a pena dar uma passada por Matara. Não ter nada muito especial é talvez a melhor razão para visitar a cidade.

Para dicas de outros destinos no Sri Lanka, veja também o post de Nuwara Eliya, Jaffna, Dambulla, Sigiriya, Galle, Ella e Anuradhapura.

No caso de dúvidas ou sugestões, pode deixar um comentário aqui embaixo, que responderei assim que possível.

Aproveite também para seguir o perfil deste blog no Instagram: @mochila.raiz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s