Visita à Nuwara Eliya: a Campos de Jordão do Sri Lanka

Continuando a série de posts do Sri Lanka, é hora de falar de Nuwara Eliya, a cidade mais alta do Sri Lanka.

Por conta da sua grande altitude (1889 metros acima do nível do mar), a cidade oferece aos visitantes um clima bastante ameno, algo totalmente diferente do restante do país. Enquanto mesmo durante a noite se sofre muito com o calor em Colombo, por exemplo, em Nuwara Eliya as coisas são diferentes.

Também conhecida como “Pequena Inglaterra” por conta do seu clima, essa simpática cidadezinha de montanha lembra em certos aspectos a paulista Campos de Jordão (que fica a 1628m de altitude): há casinhas no estilo coloniais, hotéis chiques e jardins muito bem cuidados.

Cercada por plantação verdinhas de chá, a cidade é um dos lugares mais visitados pelos próprios cingaleses, que encontram ali um refúgio do calorão e da praia. Muitos que moram próximo à praia, inclusive, possuem casas de “veraneio” na região.

Vale lembrar também que o clima também favorece a produção de frutos e hortaliças que não podem ser plantadas nas áreas do país com clima tropical. Por conta disso, é possível observar nos arredores da cidade diversas hortas e plantações com alfaces, couves e morangos – o mercado da cidade, inclusive, tem várias frutas que não podem ser encontradas em outras parte do Sri Lanka.

Além do seu simpático centrinho, que tem uma arquitetura colonial inglesa bastante diferente do restante do país, os arredores de Nuwara Eliya também merecem uma atenção especial. Vamos então aos pontos turísticos mais interessantes.

nuwara-eliya-sri-lanka

Lago Gregory

Artificialmente criado no fim do século 19, esse lago oferece uma bela paisagem da região, sendo uma boa pedida para uma caminhada ou uma corrida.

nuwara-eliya-sri-lanka

Plantações de chá

Assim como na região de Ella, os arredores de Nuwara Eliya também contam com diversas opções para aqueles que queiram visitar plantações de chá. Entre os locais mais famosos, está a Pedro Tea Estate, cuja fábrica foi fundada em 1885 e que ainda possui maquinário do século 19. Mesmo que não se visite a fábrica propriamente dita, um passeio pela região já é suficiente para apreciar a vista de um plantio de chá.

nuwara-eliya-sri-lanka-tea

Horton Plains National Park

Talvez o passeio mais conhecido nos arredores de Nuwara Eliya seja a visita ao Parque Nacional de Horton Plains, um dos mais visitados do Sri Lanka. Além da segunda e terceira montanha mais altas do país (com 2395m e 2357m de altitude), o parque também conta com uma diversidade de paisagens bastante especial, já que varia de pradarias a florestas de altitude, incluindo até as belíssimas florestas nubladas (cloud forests). Destaque também para os vários animais que podem ser vistos facilmente ali, incluindo pássaros e veados.

nuwara-eliya-sri-lanka-horton-plains
nuwara-eliya-sri-lanka-horton-plains

World’s End

Certamente um dos lugares mais fotogênicos do Sri Lanka, o World’s End (Fim do Mundo), é uma escarpa com mais de 880 metros de altura. A trilha de ida e volta até o local leva cerca de 3 horas e vale muito a pena. Como depois das 10h da manhã já há muita neblina na região, o ideal é começar a trilha bem cedinho. Assim, dá pra aproveitar bem a vista panorâmica do fim do mundo, que pode chegar a cerca de 50 km quando há boa visibilidade.

nuwara-eliya-sri-lanka-horton-plains-worlds-end
nuwara-eliya-sri-lanka-horton-plains-worlds-end

Trilha para Pidurutagala

Outro passeio bastante conhecido na região, mas que infelizmente não consegui fazer, é a trilha até a montanha Pidurutagala, a maior do Sri Lanka. Com 2524 metros de altitude, a montanha fica pertinho de Nuwara Eliya e pode ser acessada facilmente a partir da cidade. O topo da montanha, porém, não pode ser acessado por estrangeiros.

Bônus: dica de restaurantes

Assim como em todas as demais cidades cingalesas, a comida em Nuwara Eliya não decepciona. Entre os lugares que experimentei, destaco dois que merecem uma atenção especial: Ambaal’s Pure Vegetarian Hotel, com uma seleção maravilhosa de comidas do sul da Índia, e o Hela Bojun Hala, com comidas realmente típicas do Sri Lanka a um preço mega barato (um almoço com várias coisas não deve custar mais do que 1 euro).

nuwara-eliya-sri-lanka-food

Visão geral

Eu jamais esperaria passar frio no Sri Lanka – e acabei passando frio em Nuwara Eliya. Só por isso, acredito que já valeria o passeio até lá. A cidadezinha e seus arredores, porém, têm muito mais a oferecer aos visitantes, com muitas atrações, que vão desde visitas a plantações de chá até trilhas, inclusive ao “fim do mundo”.

Por tudo isso, acredito que é um dos lugares a serem incluídos num roteiro ao Sri Lanka. Certamente, vale muito a pena desbravar essa região!

Para dicas de outros destinos no Sri Lanka, veja também o post de Jaffna, Dambulla, Sigiriya, GalleElla e Anuradhapura.

No caso de dúvidas ou sugestões, pode deixar um comentário aqui embaixo, que responderei assim que possível.

Aproveite também para seguir o perfil deste blog no Instagram: @mochila.raiz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s