Conhecendo Dambulla e seu templo nas cavernas

Dambulla é uma daquelas cidades que possui apenas uma atração principal, mas que sem dúvidas precisa ser visitada numa viagem ao Sri Lanka, pois é muito especial.

Muito famoso no país, o complexo de cavernas que abriga centenas de imagens de Budas é bastante turístico, mas ainda mantém sua importância religiosa para os budistas cingaleses.

História

Localizada praticamente no centro do país, não muito distante de Sigiriya, o templo budista de Dambulla fica no topo de uma montanha, erguendo-se 160 metros acima da cidade.

Reza a lenda que Dambulla é um lugar religioso há muito tempo, desde o século 1 a.C., quando o Rei Valagamba se refugiou ali, após ser expulso de Anuradhapura. Quando voltou ao poder, ele decidiu por decorar as cavernas dali, fato que foi imitado pelos líderes sucessivos, até o século passado.

No final das contas, o que se tem hoje no local são pinturas e esculturas de diferentes momentos ao longo dos últimos dois mil anos, que são inacreditavelmente bastante similares entre si. Assim, o resultado final é impressionante, sendo muito bonito de se observar.

As cavernas

No total, são 5 as cavernas que fazem parte do templo de Dambulla, que contam com aproximadamente 150 imagens de Buda, de diferentes períodos históricos.

dambulla-templo

A primeira caverna (Devaraja Viharaya) possui uma escultura de Buda com incríveis 15 metros de comprimento, além de outras estátuas menores de Budas sentados.

dambulla-templo-caverna

A segunda caverna, também conhecida como Templo do Grande Rei (Maharaja Viharaya) é a mais impressionante de todas. Sendo a maior de todas, com 50 metros de comprimento, 23m de largura e altura que chega a 7 metros, ela possui muitas esculturas em seu interior, além de várias pinturas que a decoram. Há uma grande variedade de estátuas ali dentro, mas o que é mais incrível mesmo é o conjunto da obra, que chega a ser difícil de descrever.

dambulla-templo-caverna
dambulla-templo-caverna

A caverna de número 3 (Maha Alut Viharaya), é relativamente recente, datando do século 18, quando um dos últimos reis de Kandy, Kirti Sri Rajasinghe, a decorou. O maior destaque do local é também um Buda deitado com vários outros Budas de pé.

dambulla-templo-caverna

A quarta caverna (Pachima Viharaya) é menor do que as outras e possui como figura central um Buda sentado. Além disso, conta também com uma dagoba (estrutura bastante usada nos templos budistas) que chama a atenção.

dambulla-templo-caverna

Pra fechar, a quinta e última caverna (Devana Alut Viharaya) é a mais recente de todas, possuindo um Buda deitado e algumas divindades hindu em seu interior.

Além do interior muito decorado e bastante impressionante das cavernas, a localização do templo, no topo de uma pedra, também merece atenção por parte dos visitantes. Como o entorno é bastante plano, é possível se ter uma vista incrível da região, sendo possível, inclusive, observar Sigiriya desde lá.

dambulla-templo-caverna

Outro ponto que merece um comentário são os macacos que ficam ali no templo. Para turistas, podem parecer bastante diferentes, mas é algo comum no Sri Lanka, já que eles estão presentes em vários outros templos religiosos do país.

Templo bônus: Golden Temple

Localizado nos pés da colina onde ficam as cavernas está o Templo de Ouro, doado pelo governo japonês e construído em 2000. Bastante chamativo (e até um pouco brega), esse templo é bem grande, mas não oferece muito ao visitante, além de uma entrada bem peculiar.

dambulla-templo-golden

Visão geral

Sem sombra de dúvidas, visitar o complexo de templos de Dambulla foi mais uma grata surpresa que o Sri Lanka me revelou. Sua atmosfera é muito especial e o conjunto das esculturas com as pinturas é de tirar o fôlego.

Por conta disso, recomendo Dambulla a todos que tenham a possibilidade de visitar o país. Como a visita não toma mais do que algumas horas, assim como a vizinha Sigiriya, visitar as duas atrações pode ser um passeio interessante para se fazer no mesmo dia, assim como fiz durante minha viagem.

Para dicas de outros destinos no Sri Lanka, veja também o post de SigiriyaGalleElla e Anuradhapura.

No caso de dúvidas ou sugestões, pode deixar um comentário aqui embaixo, que responderei assim que possível.

Aproveite também para seguir o perfil deste blog no Instagram: @mochila.raiz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s